12 de fev de 2013

CÂNCER DE MAMA - CAPÍTULO 6 - METÁSTASE ÓSSEA


Molécula RANKL, envolvida na migração de células pelo corpo, na formação de algumas células ósseas e na disseminação do câncer de mama aos ossos, pode ser a chave da metástase (Foto: Reprodução / TV Tem)

Antes de começar a postar sobre o meu tratamento de rádio e quimioterapia, quero publicar essa interessante pesquisa que também vem explicar a metástase na minha coluna cervical, devido ao tsuname
que passou na minha vida e do qual estou tentando sair, reconstruindo com o que sobrou por dentro e por fora....


METÁSTASE ÓSSEA

Altas cargas de estresse e depressão podem fazer com que o câncer de mama sofra metástase e chegue até os ossos, sugere um novo estudo feito em camundongos pelo Centro de Biologia Óssea da Universidade Vanderbilt, nos EUA. Os resultados do trabalho estão publicados na edição desta terça-feira (17) da revista científica “PLoS Biology”.
A pesquisa demonstra que a ativação do sistema nervoso simpático – que controla ações como luta ou fuga em situações de tensão – prepara o tecido ósseo dos animais para a metástase das células tumorais, o que diminuiu o tempo de sobrevivência.
Segundo o diretor do centro, Florent Elefteriou, a disseminação de células cancerosas para outros órgãos é uma das principais causas de morte em pacientes com câncer.
A equipe coordenada pelo cientista já havia descoberto que o sistema nervoso simpático estimula a remodelação óssea e usa algumas moléculas de sinalização – como a chamada RANKL – que são empregadas na disseminação do câncer de mama até os ossos.
Essa molécula também é conhecida por promover a migração celular e a formação de osteoclastos, células ósseas que decompõem esse tecido e propiciam a liberação de cálcio e outros minerais para o sangue
Molécula RANKL, envolvida na migração de células pelo corpo, na formação de algumas células ósseas e na disseminação do câncer de mama aos ossos, pode ser a chave da metástase (Foto: Reprodução / TV Tem)

5 comentários:

  1. A razão sempre é emocional mesmo, não tem jeito!
    Se até o acidente mais bobo tem um fundamento nisso, imagina uma situação dessas...
    Tem vezes que o ideal é sair da situação. Se afastar de tudo e de todos que causam algum tipo de desequilíbrio emocional na gente, pra que seja resolvido dentro da gente.
    Mas, às vezes não é fácil e não dá pra fazer isso na hora.
    E agora?
    É trabalho para monge estar numa situação ruim e conseguir mantes a harmonia interior!

    Bjs.

    Jo

    ResponderExcluir
  2. JO desejo a voce toda saude e felicidade sou budista, e passei por situações dificeis em minha vida apos um acides por inalação de produto neurotoxico, foram anos isolada, uma longa historia, em 2010 conheci o Budismo Nitirem, um Budismo que difere dos outros pois geralmente a maioria dos membros passaram por situações dificeis, na epoca muito revoltada com os anos de sofrimento, e comecei a ler sobre, Nam Myo ho rengue Kyo, e a energia vital que permeia tudo e apos vivencia a força deste budismo em transformar nossas emoções contidas, o poder de ir nas profundezas de nosso ser, teve inicio um grande resgate de mim mesma, nas minhas orações do Daimoko, e do Gongyo oro para que chegue a voce, seus trabalhos sao maravilhos eu adorei. abraços Nam Myo Ho Rengue Kyo
    tania

    ResponderExcluir
  3. Ola tb tenho cancer de mama e desejo a vc muita forca nessa luta!!! DEUS TE ABENCOE... Um forte abraco

    ResponderExcluir
  4. Muita força! Aqui mais algumas informações: http://www.batalhadoras.org.br/artigo/25/o-impacto-do-cancer-de-mama-avancado#.U4YyNPldVe8

    ResponderExcluir
  5. olá tbm sou portadora de metástases de vido a um câncer de mama,tenho lesões no figado,pulmão e ossos descobri isso aos 29 anos e hj estou com 32 e ainda lutando tenho um filho com 6 anos que é o que me da forças pra lutar...lhe desejo força e fé muita fé!

    ResponderExcluir

Fico feliz quando você deixa um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...