25 de mar de 2014

CÂNCER DE MAMA - CAPÍTULO 14 - XELODA E CIRURGIA

Depois de muitas sessões da quimio Navelbine que não me causou nenhum efeito colateral, minha médica achou melhor mudar para o remédio que se chama Xeloda.

São comprimidos que eu podia tomar em casa, 6 por dia, e só iria voltar no hospital para tomar o remédio para os ossos e para limpar o portocatch.

Achei bom poder tomar a quimio em casa, mas mal sabia o transtorno que isso iria produzir no meu organismo.

Eu já estava tomando 11 comprimidos e mais os 6 da quimio, totalizou 17 por dia.

Depois dos primeiros dias que comecei a tomar, fiquei tão fraca que não consegui levantar da cama por 3 dias e em seguida, fiquei com uma diarréia que acabou comigo.

Mesmo assim, tomei os comprimidos por 15 dias e descansei uma semana, cuidando da diarréia com alimentação.

Nesse meio tempo, a médica me encaminhou para uma consulta com um cirurgião oncológico para fazer uma "higienização" no tumor que estava no músculo peitoral e que apresentava no seu centro uma camada amarelada.

Ele disse que seria uma pequena cirurgia  e que talvez só fosse dar uma anestesia local e que no dia seguinte eu eria alta.

Fiz os exames pré-operatórios e quando levei prá ele , ele resolveu que seria anestesia geral e que devido ao local já ter sido radiado poderia soltar alguns pontos porque a pele estava muito fina.

Então, no dia 26 de fevereiro fui internada para a operação.

No dia seguinte, o médico foi no quarto e me disse que tirou todo o tumor, inclusive um pedaço do músculo peitoral, mas que eu podia ter alta hospitalar.

Fui para casa e dormi bem naquela noite, mas no dia seguinte quando levantei da cama a  diarréia voltou e eu perdi os sentidos.

Só sei que chamaram a ambulância e me levaram para o pronto socorro do Hospital Ana Costa.

Eu não lembro de nada nesse meio tempo e só recobrei os sentidos bem depois, só dizia que queria ir embora, até que me internaram e fiquei com uma máscara de oxigênio porque não estava conseguindo respirar direito.

Passei o carnaval todo no hospital, usando fralda, sem conseguir comer e com os pontos abrindo a cada dia que passava.

Minhas filhas se revesavam para me fazer companhia e cuidar de mim no hospital.

Não  sei como agradecer tanta dedicação que as 3 demonstraram nesse momento tão difícil.

Tive alta na quara-feira de cinzas com a responsabilidade das minhas filhas fazerem o curativo da operação em casa, só que os pontos foram abrindo a cada dia mais e formou um "buraco" bem grande e fundo, mais ou menos 10 x 6 x 1 cm.

A primeira a fazer o curativo foi minha filha Joana que, deixava minha netinha com a sogra e vinha todo dia em casa  prá fazer o curativo  e ajudar no que fosse preciso.

Minha filha Júlia que mora em São Paulo, também deixou  sua casa e veio cuidar de mim, fazendo o curativo por alguns dias.

E por fim, quando minha filha Júlia voltou para São Paulo, "sobrou" para minha filha Ana Flora fazer o curativo, que tinha medo só de olhar para ele.

Em casa, voltei a comer melhor e minha filha Ana Flora fez uma dieta só com alimentos que "seguram" o intestino e foi assim que passou a diarréia e pude me "livrar" da fralda.

Estou voltando no hospital toda sexta-feira para que o médico refaça o curativo e possa acompanhar o preenchimento do "buraco".

Até agora está sendo preenchido muito lentamente, mas temos de ter paciência e agradecer a Deus porque não sinto nenhuma dor.

E que Deus abençoe minhas 3 filhas pela dedicação e amor demonstrado  por mim nesse momento tão difícil.

EU AMO MUITO VOCÊS 3.














6 comentários:

  1. Olá Dona Mamis!!
    Espero que a Sra. esteja melhor! Eu sou amiga da sua filha Júlia e tenho acompanhado a sua batalha. O começo de ano aqui em casa também foi complicado para mim e minha mãe, mas o caso dela foi uma fratura de fêmur. Ela passou muitos dias internada e eu aqui sozinha e em desespero, só tinha os anjos pra me ajudarem. Graças ao bom Deus tudo terminou bem, minha mãe foi operada por um bom cirurgião e está de volta em casa, agora só falta voltar a andar. Enfim... como as coisas serenaram aqui, eu pedi para Mestre Rafael Arcanjo (que é o anjo da cura) enviar a equipe de Anjos da Cura ai pra sua casa; eles trabalham lentamente, mas o resultado final fica perfeitinho, pode confiar!
    Muitas bençãos e beijos pra Sra. e suas meninas!
    PS: a Júlia é como se fosse uma irmãzinha para mim! #amomuito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Onçana
      Fiquei muito feliz com sua mensagem. Agradeço por ter enviado a equipe de cura do Arcanjo Rafael para minha casa e saiba que faço todos os dias uma afirmação do Raio Verde que é a seguinte:

      EU SOU o Raio Verde de Luz Cósmica
      que irradia uma corrente de energia
      que toca cada célula do meu corpo
      trazendo a cura e a renovação de todas as células dos meus corpos
      físico, emocional, mental e espiritual.

      Por isso estou sempre sintonizada com o Arcanjo Rafael.

      Desejo que você e sua mãe recebam de volta 3 vezes mais tudo aquilo que enviarem para mim.

      Se a Júlia é como se fosse uma irmãzinha prá você,então posso considerar você como se fosse mais uma filha prá mim.

      Excluir
    2. Sim,sim!! Agora a Sra. tem mais uma filha honorária colorida! =^-^=

      Excluir
  2. Carmo, já te disse algumas vezes que admiro sua força e você só tem mostrado que eu tenho razão em ter admiração. Parabéns pelas filhas, mas se elas são assim é porque você as soube criar bem, soube dar o devido valor a família e agora elas retribuem de forma natural. Beijos!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lora

      Saiba que o meu sentimento de admiração é recíproco por você.
      Você está sempre em minhas orações.
      Obrigada amiga.
      Beijos prá você também.

      Excluir
  3. Nós também te amamos muito, mamis! Você NUNCA vai estar sozinha, sabe que o que precisar a gente para tudo e vai pra aí! <3

    ResponderExcluir

Fico feliz quando você deixa um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...